3 de outubro de 2009

SABADA, 03 DE OLTUBLO DE 2009


Afastamento da naturezaA natureza, nossa maior fonte de alimento energético, também nos limpa das energias estáticas e desarmonizas. O homem moderno, que habita e trabalha em locais muitas vezes doentios e desequilibrados, vê-se privado dessa fonte maravilhosa de energia. A competitividade, o individualismo e o estresse das grandes cidades agravam esse quadro e favorece o vampirismo energético, onde todos sugam e são sugados em suas energias

Nenhum comentário:

Postar um comentário